Notícia

Instagram pode, finalmente, monetizar IGTV

O IGTV ainda não fez tanto sucesso com os criadores de conteúdo, e a falta da opção de monetização dos vídeos é um dos principais fatores. Agora a plataforma está testando formatos que podem atrair influenciadores e público.

Segundo o post da especialista em engenharia reversa, Jane Manchun Wong, o Instagram parece estar quase lançando um novo programa de monetização para criadores de IGTV. De acordo com a captura de de tela que ela compartilhou, “Você pode ganhar dinheiro exibindo anúncios curtos em seus vídeos do IGTV. Quando você gera receita com o IGTV, concorda em seguir as Políticas de Monetização do Programa para Parceiros” (You can earn money by running short ads on your IGTV videos. When you monetize on IGTV, you agree to follow the Partner Program Monetization Policies). 

Por enquanto, a única possibilidade de gerar renda nessa plataforma é através de parcerias diretas com as marcas, e esse novo formato deve atrair mais criadores de conteúdo para o IGTV. A empresa confirmou que está explorando formas de viabilizar a monetização, mas disse não ter mais detalhes para compartilhar no momento.

Uma das principais dúvidas é justamente sobre os critérios de elegibilidade para a monetização, já que se espera que o Instagram estabeleça critérios para manter a qualidade de conteúdo. Ainda não sabemos se será com base no número de horas de exibição que um criador acumulou durante um determinado período ou na contagem de seguidores – ou em ambos.

O Programa de parceria do YouTube, por exemplo, exige que os editores tenham mais de 4.000 horas de exibição pública válidas nos últimos 12 meses, além de pelo menos mil inscritos. No Facebook, dono do Instagram, as páginas comerciais precisam ter no mínimo 10.000 seguidores e 30.000 visualizações de 1 minuto em vídeos nos últimos 60 dias para ganhar dinheiro com anúncios em vídeo.

A outra grande questão é como a IGTV dividirá a receita de seus anúncios. Tanto Facebook quanto YouTube dividem em 55% para o criador, 45% para a empresa, mas alguns especialistas estão especulando sobre uma porcentagem um pouco maior para os influenciadores, considerando que para a empresa, algo em torno de 5% a menos pode não ter um impacto tão grande em sua receita, mas pode fazer uma grande diferença para os criadores. Se Instagram e Facebook realmente querem que o IGTV tenha mais relevância, uma divisão de receita mais equilibrada a favor dos criadores pode ser uma grande coisa.

E, se realmente se tornar algo maior, isso também traria mais consideração para os anunciantes do Instagram, com o potencial de atingir grandes audiências por meio do conteúdo da IGTV.

Fontes: Social Media Today e Digital Trends

Talvez você também goste:

Leia mais