Notícia

Atualização dos Termos do WhatsApp

Os usuários do aplicativo começaram a receber uma notificação sobre a atualização das políticas de privacidade do serviço. A partir de fevereiro, o WhatsApp exigirá que os usuários permitam o compartilhamento de dados com as empresas parceiras do Facebook, para continuar a usar o aplicativo.

Esse compartilhamento com o Facebook – que é a empresa dona do serviço – inclui informações como número de telefone, interações com pessoas e empresas, endereço IP, dentre outros. As informações podem ser usadas, por exemplo, para exibir anúncios personalizados.

As possibilidades incluem ainda a personalização de recursos, sugestões de amigos, conexões de grupo e conteúdos, melhorando a experiência do usuário. Passará a ser obrigatório aceitar os novos termos até dia 08 de fevereiro de 2021.

A empresa explica que a mudança está acontecendo para maior integração do WhatsApp com os outros serviços do Facebook Inc – os aplicativos de mensagem da empresa de Mark Zuckerberg estão em processo de integração, com a, já em andamento, união dos serviços de mensagens do Messenger e Directs do Instagram.

Há também a promessa de facilitar o pagamento de compras pelo WhatsApp, com o Facebook Pay, que está sendo estruturado como forma de pagamento nos aplicativos da empresa, que incluirá o WhatsApp quando os pagamentos no mesmo forem autorizados.

Vale lembrar que os dados do WhatsApp passaram a ser compartilhados com o Facebook, por padrão, em 2016. A diferença para essa nova atualização é que, até então, os usuários tinham a possibilidade de não enviar as informações da conta para a rede social, fazendo a solicitação de alteração nas configurações do app.

No blog do WhatsApp é possível ler a respeito dos novos termos: Atualizações importantes. A plataforma também dá a opção de apagar a conta no WhatsApp, caso o usuário não concorde com a política de privacidade.

O WhatsApp também esclareceu que as mudanças que virão não se aplicam aos usuários na Europa: “Não há mudanças nas práticas de compartilhamento de dados do WhatsApp na Europa decorrentes desta atualização.”

Fontes: Social Media Today, TechTudo, CanalTech e TecMundo

Talvez você também goste:

Leia mais