Notícia

ByteDance limita tempo de uso de menores de 14 anos na versão chinesa do TikTok

A ByteDance é a empresa dona do TikTok e do Douyin – a versão do aplicativo na China, e agora passará a limitar seus usuários na China com menos de 14 anos, a 40 minutos de uso por dia.

Crianças e adolescentes abaixo dessa idade poderão acessar o Douyin entre 6h e 22h, mas com a limitação dos 40 minutos. Fora dessa janela eles não poderão usar o aplicativo. As regras passam a valer para “usuários autenticados com nome real” e a empresa incentivou os pais a ajudarem seus filhos a concluir o processo de autenticação de nome real ou ativar o “modo jovem” quando solicitado no app.

Essas regras estão sendo implementadas para seguir as novas restrições do governo chinês, que tem agido para reduzir a quantidade de tempo que os jovens passam online, que tem visto como prejudicial. O processo de usar a “autenticação de nome real” foi justamente uma instrução que as autoridades chinesas passaram para empresas de jogos e plataformas como a Douyin, e exige que os usuários forneçam um número de telefone e outra identificação para acessar os jogos online.

Outra regra relacionada, divulgada pela National Press and Publication Administration, restringe todos os cidadãos chineses menores de 18 anos a jogar jogos online apenas às sextas-feiras, fins de semana e feriados, entre 20h e 21h.

A ByteDance disse que terá conteúdos voltados para o modo jovem, que incluem material educacional como “experimentos científicos populares interessantes, exposições em museus e galerias, belas paisagens em todo o país, explicações sobre o conhecimento histórico e assim por diante”.

Além disso, ciente que o processo das medidas de proteção tem suas falhas, a empresa lançou um desafio, com prêmios para quem descobrir vulnerabilidades no processo de entrada, cracking e outros aspectos relacionados.

Post oficial da ByteDance: Usuários de nome real Douyin com menos de 14 anos entraram no modo jovem

 

Fonte: The Verge

Talvez você também goste:

Leia mais