Notícia

Facebook teria ordenado que Instagram dobrasse a quantidade de anúncios no app

Segundo uma reportagem publicada no jornal The Information nesta última quinta-feira (22), o faturamento do Instagram só teria saltado de US$ 1 bilhão para US$ 10 bilhões em dois anos, porque uma ordem vinda de dentro do Facebook, pedindo para que a quantidade de anúncios na rede fosse dobrada, teria sido recebida.

O relatório oferece detalhes de como o Facebook passou a exercer mais controle sobre o Instagram nos últimos dois anos. Entre estas revelações, destaca-se a informação de que no início de 2018, um grupo de executivos seniores  – conhecido na empresa como o “time M” teria exigido dos dirigentes do Instagram que o número de anúncios no aplicativo fosse dobrado.

O pedido teria sido feito como uma saída para aumentar o faturamento da rede à medida que as pessoas diminuíssem o tempo de permanência no Facebook.

Embora o Instagram pertença ao Facebook desde 2012, a rede sempre teve autonomia para tomar suas próprias decisões, com dirigentes e executivos independentes. Mas parece que o cenário vem mudando de uns anos para cá, o que teria provocado inclusive a saída dos dois fundadores do aplicativo da equipe executiva do Instagram, no fim do ano passado.

Parece que o Facebook tem direcionado esforços para trazer mais funções para o Instagram que possam ser monetizadas. A empresa está preocupada que o Instagram possa ultrapassar o Facebook em popularidade e isso seria um problema, uma vez que o aplicativo de fotos possua muito menos opções de monetização do que o Facebook. Ainda segundo a The Information, existe uma corrida interna para que o Instagram seja tão rentável quanto o seu “irmão mais velho”.

Fonte: The Information

Talvez você também goste:

Leia mais