Notícia

Instagram bloqueia busca por filtros do coronavírus e inclui informações verificadas no topo do feed

Essa é uma tentativa para impedir que a desinformação se espalhe – nova medida foi anunciada no Twitter.

O Instagram está expandindo suas ferramentas de resposta COVID-19, com painéis de informações adicionais no feed principal e a proibição de pesquisas por filtros AR relacionados ao coronavírus.

Semana passada eles já haviam anunciado algumas medidas, relacionadas à pesquisa. Quando os usuários usam uma hashtag relacionada ao COVID-19 ou pesquisam o termo “coronavírus”, o Instagram mostra contas da Organização Mundial de Saúde (@WHO), do Centro de Controle de Doenças (@CDCgov) e das contas das autoridades locais de saúde, quando disponíveis.

Agora, como postado por eles: “Para ajudar as pessoas a obter recursos relevantes e atualizados, começaremos a mostrar mais informações dos serviços da OMS e dos ministérios da saúde locais no topo do feed do Instagram em alguns países”.

Além disso, a busca por filtros relacionados ao coronavírus não será mais permitida: “Não permitiremos mais que as pessoas pesquisem efeitos de RA relacionados ao COVID-19 no Instagram, a menos que tenham sido desenvolvidos em parceria com uma organização de saúde reconhecida. Isso faz parte do nosso esforço contínuo para conectar melhor as pessoas a informações de saúde credíveis”.

A atitude foi tomada depois que foram levantadas preocupações com a grande quantidade de filtros de coronavírus no aplicativo, que muitos relataram como insensíveis, considerando o aumento do número de mortos resultante do surto. Além de também serem considerados como disseminadores de informações falsas sobre o vírus e geradores de ansiedade.

E como forma de agradecimento aos profissionais de saúde que tem trabalhado incansavelmente para manter suas comunidades seguras, o Instagram lançou um adesivo – que estará disponível na galeria de adesivos, para que as pessoas demonstrem sua gratidão no Instagram.

Fontes: @InstagramComms no Twitter e Social Media Today

 

 

Talvez você também goste:

Leia mais