Notícia

Instagram está trabalhando em ferramentas de comércio para criadores e marketplace de conteúdo de marca

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg e Adam Mosseri, chefe do Instagram, fizeram uma transmissão ao vivo ontem para falar de algumas novidades que o Instagram está preparando.

Durante a Live, Zuckerberg anunciou ferramentas para ajudar influenciadores a ganhar dinheiro com sua plataforma, como lojas de criadores, comércio de afiliados e um marketplace de conteúdo de marca.

De acordo com o que foi explicado na Live, as lojas dos criadores seriam uma extensão dos recursos de compras já existentes no Instagram, mas abertas a uma gama mais ampla de usuários, não apenas contas comerciais: “Vemos muitos criadores abrindo lojas também, e uma parte de ser um modelo de negócio de criador de conteúdo é criar um ótimo conteúdo e depois vender coisas, então ter lojas de criadores é incrível”.

Conectado a isso, Zuckerberg também disse que o Instagram está trabalhando em ferramentas que permitam que influenciadores sejam pagos diretamente pela promoção de produtos dentro do aplicativo: “[criadores] devem ser capazes de obter uma parte das vendas das coisas que estão recomendando e devemos construir um mercado de recomendação de afiliados para permitir que isso aconteça”.

E dos principais pontos levantados, ainda se destaca o “marketplace de conteúdo de marca”, que se propõe a conectar influenciadores com patrocinadores. O CEO inclusive observou que essa ferramenta poderia ajudar talentos emergentes a monetizarem, criando uma espécie de “classe média criadora” – Zuckerberg também disse que eles não estão construindo isso com perspectiva de ganhar muito dinheiro, mas pensando em oferecer condições favoráveis aos criadores de conteúdo.

Não foram revelados planos de estrutura para esses negócios, mesmo porque essa foi uma primeira conversa sobre ferramentas ainda em desenvolvimento – mas que podem mudar drasticamente a forma como influenciadores monetizam seu espaço na plataforma.

Por exemplo, fornecer uma estrutura integrada para compartilhamento de receita pode simplificar as parcerias com marcas, fornecendo uma fonte de receita mais estabelecida aos criadores, que poderiam trabalhar com taxas de comissão estabelecidas e comparáveis, em vez acordos próprios e independentes, muitas vezes sem referência.

Grande parte dos influenciadores famosos do Instagram já administram lojas online e/ou fazem parcerias com marcas, mas até então isso normalmente acontece fora da plataforma. Trazer essas funcionalidades para dentro pode tornar mais fácil fechar negócios, e facilitar para personalidades menos conhecidas ganhar dinheiro.

Claro, isso também significa um grande incentivo para influenciadores dedicarem mais tempo ao Instagram do que a outras plataformas.

Zuckerberg e Mosseri se comprometeram a compartilhar mais informações sobre os projetos em breve.

 

Fontes: Engadget e Social Media Today

Talvez você também goste:

Leia mais