Notícia

Instagram inicia teste do seu serviço de assinatura para criadores

O Instagram anunciou ontem, 19, que iniciou um teste de sua nova opção de assinaturas para criadores – em que fãs podem pagar um valor mensal para ter acesso a conteúdos exclusivos. Mas já adiantamos: o teste está acontecendo apenas com um pequeno número de criadores, nos Estados Unidos.

“Com as assinaturas do Instagram, os criadores podem desenvolver conexões mais profundas com seus seguidores mais engajados e aumentar sua renda mensal recorrente, dando aos assinantes acesso a conteúdo e benefícios exclusivos, tudo dentro da mesma plataforma em que já interagem com eles”, explica a empresa.

Na imagem acima, com capturas de tela da nova opção, é possível notar que um ícone roxo, com uma coroa, será anexado aos comentários dos assinantes daquele criador. Esse ícone marca os serviços exclusivos. Roxo também será a cor do círculo ao redor dos Stories e das Lives acessíveis apenas para membros pagantes.

Os criadores selecionados, que estão fazendo parte do teste, agora têm um botão “Inscrever-se” em seu perfil. Eles podem cobrar um valor mensal variável pela assinatura – entre US$ 0,99 e US$ 99,99 – que dará aos membros pagantes acesso a Lives exclusivas, Stories exclusivos (que poderão ser salvos em destaques que só os assinantes têm acesso) e Selos de assinantes (que vão aparecer ao lado de seus comentários e mensagens diretas).

O Chefe do Instagram, Adam Mosseri, postou um vídeo sobre a novidade, em que explica que a empresa pretende expandir os recursos da versão para assinantes no futuro, inclusive pensando na possibilidade de integrar as assinaturas com plataformas de outras empresas. Ele disse também que nos próximos meses o recurso deve estar disponível para mais usuários:

Assinaturas: As assinaturas permitem que os criadores monetizem e se aproximem de seus seguidores por meio de experiências exclusivas:
– Lives de assinantes
– Stories de assinantes
– Selos de assinantes
Esperamos adicionar mais criadores a este teste nos próximos meses. Mais para vir. ✌🏼

A Meta diz que não receberá nenhuma porcentagem do valor das assinaturas até, pelo menos, 2023, mas que qualquer pagamento pode estar sujeito a taxas e cobranças da loja de aplicativos (como os 30% que da Apple).

 

Referência: Social Media Today

Talvez você também goste:

Leia mais