Notícia

Instagram lança o Reels na Índia e EUA estudam banir TikTok

Semana passada o governo indiano anunciou que estava banindo o TikTok do país (junto com mais tantos outros aplicativos) e agora, num movimento não muito surpreendente, o Instagram lançou um novo teste do Reels para alguns usuários na Índia.

O Reels é o aplicativo de “resposta” do Facebook ao TikTok, que permite que os usuários do Instagram criem vídeos de 15 segundos, com diversos recursos como velocidade de reprodução, adição de músicas que estão na plataforma, sons de memes e outros efeitos. A funcionalidade foi recentemente disponibilizada na Alemanha e França, mas já estava em operação exclusivamente aqui no Brasil e em testes desde novembro de 2019, com nome de Cenas.

E agora, os usuários indianos também terão acesso. O que já era esperado, uma vez que o TikTok foi banido na Índia devido a tensões entre o governo indiano e o governo chinês – relatórios mais recentes sugeriram que o aplicativo poderia ter cerca de 200 milhões de usuários indianos ativos, além de muitos influenciadores que contavam com o aplicativo para obter renda.

Além da Índia, o TikTok pode enfrentar bloqueio nos Estados Unidos, seu terceiro maior mercado (sendo o primeiro a China e em segundo estava a Índia). Ontem o Secretário de Estado Mike Pompeo, durante uma entrevista com Laura Ingraham, da Fox News, disse que estão estudando a proibição de aplicativos de mídia social chineses, incluindo o TikTok. De propriedade da startup ByteDance, com sede em Pequim, o app tem sido criticado por políticos dos EUA, que o acusam de ser uma ameaça à segurança nacional por causa de seus laços com a China. Eles alegam que a empresa poderia ser obrigada a cooperar com o trabalho de inteligência controlado pelo Partido Comunista Chinês.

Vale lembrar que o YouTube também está lançando sua ferramenta de vídeos curtos chama Shorts, que muitos também esperam que seja lançada na Índia em breve.

Fontes: TechCrunch, Social Media Today e Tecnoblog

Talvez você também goste:

Leia mais