Notícia

LinkedIn reporta um crescimento de 26% de usuários ativos e chega a 690 milhões de usuários totais

A Microsoft divulgou ontem seu relatório de desempenho do trimestre encerrado em 31 de março, e como parte dele, a informação de que o LinkedIn registrou um crescimento contínuo no total de membros e engajamento. Mas também houve uma desaceleração nos gastos com anúncios e nas listas de empregos, à medida que os impactos do COVID-19 são percebidos.

O relatório de janeiro reportava 675 milhões de usuários, e agora passa de 690 milhões. Claro que não são todos usuários ativos, porém esse número mostra que a plataforma continua a se expandir e ganhar força ao longo do tempo. Considerando o uso ativo, a Microsoft diz que as sessões do LinkedIn continuaram a aumentar: 26% no trimestre. E que está observando “níveis recordes de engajamento“.

Agora, como cada um interpreta esse número é relativo, como colocado pelo Gerente de Conteúdo e Mídias Sociais do Social Media Today, Andrew Hutchinson: “algumas empresas estão vendo significativamente mais tráfego de referência do LinkedIn e maior engajamento suas postagens, enquanto outras acreditam que grande parte desse ‘engajamento’ extra está sendo alimentada por postagens pessoais, do tipo Facebook, ou projetadas para atrair cliques, em vez de comunicar informações profissionais.”

Durante os bloqueios do COVID-19, o LinkedIn está vendo níveis ainda mais altos de envolvimento e outros dados representam isso:

Foram assistidas quase 4 milhões de horas de conteúdo no LinkedIn Learning em março (um aumento de quase 50% mês a mês); os fluxos do LinkedIn Live aumentaram 158% desde fevereiro; a receita do LinkedIn aumentou 21% no trimestre – mas está observando uma demanda mais lenta nos anúncios e nas listagens de empregos devido aos impactos do COVID-19.

Esperamos um forte envolvimento contínuo na plataforma. No entanto, uma parte da receita é impulsionada pelas necessidades de contratação e publicidade do cliente, portanto, esperamos uma desaceleração significativa no crescimento da receita, de meio dígito“.

 

Fonte: Social Media Today

Talvez você também goste:

Leia mais