Notícia

Transição das contas do Twitter, Instagram e Facebook para a administração Biden

Após a cerimônia de posse na quarta-feira, dia 20, a nova administração da presidência dos Estados Unidos passou a assumir as contas oficiais do governo e seus cargos nas redes sociais.

Como já explicamos aqui, o Twitter optou por um formato diferente de transição, já que eliminou os cerca de 33 milhões de seguidores da conta @POTUS de Trump (que recebeu todos os seguidores que vieram da era Obama), antes de passar para o 46º presidente. Biden, em menos de 24 horas após sua posse, ganhou 5 milhões de seguidores.

Ele e sua equipe assumiram oficialmente todas as contas relacionadas à presidência, incluindo a conta @POTUS (Joe Biden – Presidente), @VP (Kamala Harris, Vice Presidente), @FLOTUS (Jill Biden – Primeira Dama) e contas administrativas, como a @WhiteHouse. O presidente Joe Biden também ainda tem sua conta pessoal, @JoeBiden, que tem quase 26 milhões de seguidores no momento.

Já nos aplicativos do Facebook, os milhões de seguidores das contas oficiais da Casa Branca estão sendo duplicados para a nova administração. Porém, os seguidores de @POTUS, @VicePresident e @FLOTUS no Facebook estão sendo duplicados de suas páginas pessoais @JoeBiden, @KamalaHarris e @DrJillBiden, assim como no Instagram os seguidores de @POTUS, @VP e @FLOTUS estão sendo duplicados de @joebiden, @kamalaharris e @drbiden.

As contas que antes eram usadas pela administração Trump foram renomeadas como White House 45, VP45 e FLOTUS45, foram arquivadas e estão sendo mantidas pela National Archives and Records Administration. Essas contas mantêm todos os seus seguidores. A conta POTUS no Instagram não foi usada pela 45ª administração, por isso não está sendo arquivada – a administração Trump usou a conta pessoal do presidente Trump na plataforma.

 

Fontes: Axios e Business Insider

Talvez você também goste:

Leia mais