Notícia

Trump deve lançar sua própria rede social em breve

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi banido ou suspenso de plataformas como o Twitter, Facebook e YouTube desde janeiro, e está em relativo silêncio desde então.

Porém, no último domingo, Jason Miller, conselheiro sênior de Trump, disse à Fox News que ele irá voltar às redes sociais, desta vez com a sua própria plataforma: “Acho que veremos o presidente Trump retornando às mídias sociais em provavelmente dois ou três meses aqui, com sua própria plataforma”.

Miller também disse que este retorno, através de uma plataforma própria, será grandioso, usando frases como: “E isso é algo que eu acho que será o ingresso mais quente na mídia social, vai redefinir completamente o jogo, e todos estarão esperando e observando para ver exatamente o que o presidente Trump faz” e “Esta nova plataforma será grande. Todo mundo o quer e ele vai trazer milhões e milhões – dezenas de milhões – para esta plataforma”.

Trump confirmou a notícia na segunda, em uma participação no podcast “The Truth with Lisa Boothe”. Sem oferecer detalhes sobre seus planos, ele disse: “Estou fazendo coisas que têm a ver com lançar nossa própria plataforma sobre a qual você ouvirá falar em breve”.

Em janeiro o ex-presidente já havia sugerido que tinha planos de ter sua própria rede social, mas criá-la do zero seria um um empreendimento caro e demorado, além de encontrar barreiras nas lojas de aplicativos, que já mostraram uma relutância crescente em permitir que apps conservadores floresçam usando sua tecnologia.

Especialistas entendem que, em vez de construir sua própria rede, o caminho mais fácil será Trump comprar uma já existente, depois reformulá-la e expandi-la. Durante sua aparição na Fox News, Miller disse que o ex-presidente foi abordado por várias empresas e está conversando com equipes sobre a nova plataforma.

 

Fontes: The Washington Post, CNN Business e Forbes

Talvez você também goste:

Leia mais