Notícia

TSE se une ao Facebook e WhatsApp para combater fake news nas Eleições 2020

A parceria foi anunciada essa semana, no portal do Tribunal Superior ELeitoral (TSE), para combater a desinformação durante as Eleições brasileiras de 2020.

O objetivo é conter a circulação de notícias falsas nas plataformas do Facebook (que inclui WhatsApp e Instagram), combater comportamentos coordenados não permitidos, o uso de robôs, impulsionamento ilegal de conteúdo, o uso de perfis que espalham notícias falsas, dentre outros.

Para que isso aconteça, para cada plataforma foi pensada uma estratégia diferente:

No Facebook será disponibilizada uma ferramenta chamada “Megafone”, que vai divulgar mensagens no Feed de Notícias dos brasileiros, sobre as eleições, especialmente sobre organização e medidas de segurança sanitária no dia da votação.

No Instagram vão ser disponibilizadas figurinhas temáticas, mas o foco dessa plataforma será a divulgação de uma nova campanha sobre mais mulheres na política, que o TSE apresentará agora em outubro.

O WhatsApp talvez seja a plataforma que recebeu mais atenção, apresentando uma medida de cooperação inédita com um tribunal eleitoral ou órgão responsável pelas eleições no mundo: a criação de um chatbot que vai ajudar na circulação de dados oficiais do TSE sobre o processo eleitoral e a votação.

Os cidadãos poderão entrar em contato com o chatbot através do número ‘+55 61 9637-1078’ ou por esse link direto. O canal disponibilizará as principais informações sobre as eleições e o TSE poderá enviar mensagens sobre cuidados sanitários e esclarecimentos para tentar reduzir a propagação de notícias falsas durante a campanha.

Os brasileiros também terão um canal específico de comunicação com o TSE para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que não é permitido nem pelo WhatsApp, nem pela legislação eleitoral. As denúncias serão apuradas por uma equipe do aplicativo e, se for o caso, as contas denunciadas serão banidas.

Além disso, figurinhas temáticas também serão disponibilizadas para o WhatsApp, uma forma de conscientizar os eleitores a partir de ilustrações divertidas e mensagens sobre voto consciente e cuidados com a saúde.

A cooperação com o TSE é parte fundamental dos esforços para garantir a integridade das eleições nos aplicativos do Facebook Inc.“, afirma o diretor de Políticas Públicas do Facebook Brasil, Murillo Laranjeira.

 

Para mais informações: Tribunal Superior Eleitoral

Talvez você também goste:

Leia mais