Uncategorized

Storytelling para redes sociais: Entenda como aplicar

Contar histórias é um ato que faz parte da cultura. Nós humanos, temos a capacidade de contar histórias como ninguém. Essa habilidade não poderia ficar de fora das estratégias de marketing. Nesse contexto, o Storytelling para redes sociais é uma técnica que visa contar histórias e despertar emoções no público.

O Storytelling é a arte de contar histórias, comunicar ideias e mensagens por meio de palavras, sons e imagens criativas, criando um enredo atrativo e que cause identificação na audiência. 

Com essa técnica, as pessoas conseguem gerar um significado ou vida para um cenário, provocando sentimentos e assim conquistando a audiência com uma história, principalmente voltada a evidenciar a empresa, produtos e serviços.

Para se tornar referência na arte do storytelling, é importante conhecer o conceito e algumas dicas. Afinal, ao conhecer a técnica, é possível utilizá-la nas ações de marketing com mais qualidade.

O que é Storytelling?

Como abordado acima, o storytelling é a arte de contar história, comunicar ideias e mensagens para o público. Ao contar histórias verdadeiras, a sua mensagem é considerada e percebida como autêntica, trazendo ainda mais valor e criando identificação no público.

Há também a possibilidade de contar histórias reais, mas em alguns momentos enfeitar ou improvisar para conseguir explicar melhor as mensagens, ampliando o impacto.

Muito mais do que engajar e envolver o público com a sua marca, o storytelling é uma excelente técnica para melhorar as vendas, por exemplo, de peças para máquina de lavar e outros produtos/serviços.

Assim, o método de storytelling pode se tornar um ótimo argumento de venda, ajudando na apresentação dos produtos ou em momentos que exigem contornar objeções, evidenciando os benefícios e impactos do uso dos itens.

Conteúdos que geram impactos na vida das pessoas tem um grande potencial para ajudar na credibilidade do negócio.

Tripé importante na técnica do Storytelling

Toda boa história que compõe o storytelling possui alguns tripés de sustentação, ou seja, recursos que ajudam a tornar a narrativa mais instigante e que podem embasar a técnica.

Na prática, o tripé é composto por:

Fluidez

Toda boa história tem como característica ser contínua, tendo um discurso coeso e coerente que liga todos os pontos da narrativa em sequência, sendo algo muito importante para trazer clareza à mensagem.

Conteúdo narrativo

É como se fosse o “recheio da história”, ou seja, um conteúdo que torna a história viva e mais interessante. 

Isso pode se dar por meio da jornada do herói, estrutura que apresenta desafios (encantando a audiência) e que traz a superação/solução do problema para o personagem principal, aliviando a tensão de quem acompanhou a narrativa. 

Ou seja, é o fio condutor da história.

Técnicas narrativas

Antes de contar uma história é necessário definir o conceito da narrativa, ou seja, se terá flashback, biografia, se a narrativa será em terceira pessoa ou primeira, entre outros detalhes mais técnicos de escrita ou produção.

Além do tripé do storytelling, existem outros elementos importantes que ajudam na construção das histórias. São eles: conflito, personagem, contexto e mensagem.

A relevância do storytelling nos negócios

O storytelling é um fator muito importante para alcançar o sucesso nos negócios e fortalecer as estratégias de marketing e a imagem da marca.

Uma boa narrativa pode quebrar paradigmas e transformar o modo como o público enxerga a sua empresa e se relaciona com ela.

Atualmente, as pessoas leem muito pouco o que realmente está escrito. Com o excesso de conteúdos e tipos de informações competindo com plataformas mais dinâmicas, elas só olham rapidamente e já passam para o próximo assunto, se o tema não a entreter ou captar a atenção.

Isto posto, contar uma história de modo objetivo e simples pode ajudar no processo de interação do público, o que agrega ótimos resultados nas vendas de itens como o spray drying.

Além disso, o storytelling bem executado pode aumentar o tráfego do seu site e redes sociais, com o público dando mais crédito para os conteúdos que você publica e interagindo mais com eles, ampliando o alcance. 

Com algumas dicas práticas, é possível apresentar conteúdos diferenciados e ter bons resultados.

Pensar em um título criativo e bem construído é importante, porque esse detalhe é capaz de deixar as pessoas mais interessadas pelo seu conteúdo, também já informando o tópico que será abordado. 

Ao se deparar com algo leve e divertido, isso pode animar mais pessoas a explorar o site e redes sociais.

Fotos e vídeos são ótimos recursos para aumentar as chances de interação e engajamento. 

Ser sempre verdadeiro nas histórias, ou seja, contá-las como realmente são, ou trazer dados críveis é outro cuidado que ajuda a criar uma conexão com o consumidor de forma genuína e eficaz, sendo algo próprio do storytelling.

Storytelling nas redes sociais

Nas redes sociais o storytelling é um ótimo recurso para engajar e encantar a audiência, conseguindo destacar o perfil de uma empresa de alpinismo industrial ou uma marca de roupas em meio a tantos outros perfis, humanizando a marca.

O storytelling pode ter três poderes nas redes sociais: atrair a audiência; gerar compreensão sobre o assunto e torná-lo memorável; escalar o alcance por meio de compartilhamento.

Ao contar histórias, as pessoas prestam mais atenção, se colocam no lugar dos protagonistas, pensam em soluções para o clímax da história e, praticamente, a vivem junto ao personagem.

Essa ideia de incluir o storytelling nas estratégias agrega ótimos resultados, sendo o mais interessante é que pode ser incorporada em negócios de diferentes segmentos, seja uma marca de porta de enrolar automatica ou para um escritório de contabilidade.

Como colocar o storytelling em prática?

As empresas que buscam engajamento e estabilidade no segmento de atuação precisam se atentar às estratégias de storytelling. O jeito de conseguir bons resultados é por meio da criatividade para conquistar o público a partir das histórias.

Pensando em redes sociais, os principais elementos de um bom storytelling são a mensagem a ser transmitida, o cenário, personagens fortes que percorrem toda a jornada e os desafios que os motivam, tudo isso aliado a boas imagens e vídeos.

Nas redes sociais, os conteúdos são mais dinâmicos, por isso esses recursos podem ser utilizados de modo simplificado.

Para incorporar o storytelling de forma prática, algumas dicas são:

  • Aposte no formato de vídeos para as histórias;
  • Conte mais sobre a origem da empresa;
  • Mostre quais causas você apoia;
  • Agregue valor aos conteúdos;
  • Apresente histórias de colaboradores e de consumidores.

Porque utilizar o storytelling nas redes sociais?

O storytelling nas redes sociais costumam funcionar de modo eficiente e existem muitos motivos para isso, como a proximidade com o público que é ampliada.

As histórias contadas com a técnica do storytelling possuem personagens com experiências empolgantes, algo que torna o conto mais interessante para o público. Consequentemente isso o torna mais propenso a interações e compartilhamentos.

Desta forma, a proposta de produtos ou serviços consegue unir ideias, conceitos, emoções e tudo que possa se tornar uma bela lembrança para as pessoas. 

Isto posto, uma maneira das empresas, inclusive as que atuam com sala sob medida, aumentarem o número de serviços é investindo em histórias inesquecíveis, a ponto de gerar interesse no público-alvo.

O processo emocional aplicado no storytelling reduz o ceticismo e faz com que as pessoas se desprendam das suas considerações, até as mais racionais.

A maneira de fazer publicidade mudou nos últimos anos, incentivada pelas novas tecnologias e o comportamento do público que também se transformou. 

Os antigos panfletos deram espaço aos vídeos no Youtube, mas ainda assim a construção precisa ser atrativa para reter o público.

É aí que entram as técnicas de storytelling. Utilizar boas histórias para promover o produto ou serviço da sua marca nas redes sociais é um jeito de conquistar a confiança e ter bons resultados ao longo do tempo.

No Instagram, por exemplo, há vários formatos que podem ser explorados para envolver as pessoas com um bom storytelling. 

Deste modo é mais simples chamar atenção, pois as histórias são consideradas abordagens que todos já vivenciaram, de alguma forma, sendo incorporadas até por músicas e imagens que as tornam mais emocionantes.

Um ponto interessante das redes sociais são os diversos perfis que publicam conteúdos a todo momento com diferentes narrativas. 

Considerando esse fator, as empresas de licenciamento ambiental precisam investir em recursos criativos para chamar a atenção do público, e o mesmo ocorre com outros setores que precisam se posicionar na rede, visto a alta concorrência.

Vantagens do storytelling nas redes sociais

Existem diversos benefícios em utilizar o storytelling nas redes sociais, como você pode estar imaginando nesse momento. Para deixá-las mais claras, listamos as principais vantagens a seguir:

1. Gera valor para a empresa

O storytelling nas redes sociais é uma excelente opção para ir além da geração de leads (potenciais clientes) ou de vendas. Afinal, é possível usar a técnica para gerar valor para as pessoas.

Deste modo, a marca será lembrada pelo público, mesmo depois de adquirir um produto ou serviço.

Outra possibilidade que o storytelling proporciona é o desenvolvimento de conteúdos educativos e interessantes que ajudam a audiência a evoluir na jornada, bem como potencializa um alcance qualificado.

2. Permite explorar as emoções

A técnica de storytelling permite explorar as emoções e elaborar publicações que criam conexões com o público.

O stories do Instagram, por exemplo, é uma boa opção para colocar em prática o storytelling. 

Nos stories é possível explorar gatilhos mentais que despertam a curiosidade, urgência, felicidade ou necessidade, por exemplo. Isso gera a vontade de fazer compras ou interagir com o negócio, conforme o interesse da ação.

O fator de explorar emoções pode ser utilizado por diversas marcas com qualidade, como em empresas de chuveiro de emergência.

3. Ajuda a humanizar a marca

As pessoas engajam mais com as marcas quando sabem que há um comportamento humanista por trás dos produtos.

Marcas que utilizam como brand, uma voz que faz a comunicação como se fosse amiga do público ajuda na humanização e conversão, aproximando esse cliente. Isso ajuda na conexão com a marca e gera ótimos ganhos.

Portanto, incorporar o storytelling nas redes sociais do seu negócio é o modo de obter excelentes resultados, aumentando os serviços de solo grampeado e quaisquer outros negócios, visto que empresas de diferentes segmentos podem explorar a técnica e obter excelentes resultados por conta da versatilidade da estratégia.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Talvez você também goste:

Leia mais